A quinta-feira (5) começou com um mercado misto entre as criptomoedas. Por volta das 9h, a maioria das principais criptomoedas estavam no verde, incluindo o Bitcoin. De acordo com a CoinGecko, somente a criptomoeda Terra não teve um bom desempenho como as demais.

O Bitcoin, maior criptomoeda em capitalização, continuou seu movimento de alta após a decisão sobre o aumento das taxas de juros pela FED. Desde a tarde desta quarta-feira, o BTC já acumulou mais 1,2% em alta, chegando ao preço de US$ 39.546.

A Ethereum, segunda maior criptomoeda do mercado, também registrou alta diária. Em 24 horas, a moeda chegou a subir 1,8%, o que fez com que a ETH ficasse cerca de 1,5% acima do valor praticado na semana passada. O preço atual da ETH é de US$ 2.929.

Além disso, de acordo com a CoinGecko, criptomoedas como BNB, Solana e Cardano tiveram alta entre 4% e 5%. Enquanto isso, a XRP subiu 2,7%.

Ainda de acordo com a CoinGecko, as moedas Polkadot e Avalanchetambém voltaram a subir e registraram 3% e 6% em alta, respectivamente. As moedas meme, Dogecoin e Shiba Inu também registraram alta de cerca de 2% cada uma.

O valor de mercado global de criptomoedas estava sendo negociado mais forte na marca de US$ 1,82 trilhão, subindo mais de 5% nas últimas 24 horas. No entanto, o volume total de negociação de criptomoedas aumentou cerca de 40%, para US$ 100,69 bilhões.

Atualização sobre criptomoedas

A FIFA, órgão global do futebol, fechou a Algorand como parceira oficial de blockchain antes da competição da Copa do Mundo que começa em novembro no Catar.

A ApeCoin (APE), o token nativo do ecossistema Bored Ape Yacht Club (BAYC), subiu e depois voltou a cair durante o pregão europeu quando o fundador da Tesla, Elon Musk, colocou uma colagem de Bored Apes como sua foto de perfil no Twitter.

Tron, o blockchain fundado pelo empresário Justin Sun em 2017 para competir com o Ethereum, lançará sua stablecoin algorítmica chamada USD descentralizado (USDD) na quinta-feira.

O Vaticano entra no NFTS com galeria de arte virtual e museu

O Vaticano anunciou o lançamento de uma galeria de arte ou museu virtual e não fungível (NFT), com obras de arte e manuscritos exclusivos. A galeria, que será acessível por meio de fones de ouvido de realidade virtual e computadores desktop, está prevista para ser inaugurada até o final de 2022.

Esse empreendimento do Vaticano foi associado a uma startup de realidade virtual chamada Sensorium and Humanity 2.0, uma ONG apoiada pelo Vaticano.

Sensorium assina parceria estratégica com a Humanity 2.0 Foundation para #metaverse #NFT e iniciativas de galeria de arte digital#SENSO #Sensorium https://t.co/3C5XEsezzk
— SENSO Token (@SensoToken) 2 de maio de 2022

Sensorium – um grande desenvolvedor de metaverso envolvido em soluções de VR e NFT – afirmou em um blog que, juntamente com a Humanity 2.0 Foundation, eles desenvolverão… a primeira galeria de VR e NFT do tipo para atender à arte e ao conteúdo acadêmico do Vaticano.

O Vaticano planeja democratizar a arte sob a liderança do padre Philip Larrey, que ocupa a Cátedra de Lógica e Epistemologia da Pontifícia Universidade Lateranense no Vaticano.

Por: Luiza Eiterer

LEIA MAIS

© 2022 | Investidor Matuto | Todos os direitos reservados Política de Privacidade Desenvolvido por