Espera-se que a Binance volte a oferecer a opção de negociação de derivativos no país europeu somente após receber a aprovação do Banco da Espanha.

A Binance se destaca como uma das exchanges de criptomoedas mais persistentes quando se trata de obter aprovação regulatória e licenças operacionais de autoridades financeiras de todo o mundo. Nesse esforço para operar como uma instituição financeira totalmente licenciada, a exchange parou de oferecer seus serviços de derivativos de criptomoedas na Espanha, supostamente para aguardar a aprovação do órgão regulador espanhol, a Comisión Nacional del Mercado de Valores (CNMV).

Conforme evidenciado pelo site oficial da Binance em língua espanhola, a exchange de criptomoedas removeu o menu de derivativos, que se mantém disponível na versão global. De acordo com a publicação local La Información, o movimento para ocultar a oferta de derivativos na Espanha é uma forma de cumprir os requisitos estabelecidos pela CNMV.

Contudo, o relatório local sugeriu que a Binance voltará a oferecer a opção de derivativos somente após receber a luz verde dos reguladores sob a forma de um certificado de garantia emitido pelo Banco da Espanha (BdE).

Em junho de 2021, o CEO da Binance, Changpeng Zhao, revelou planos para acelerar o crescimento da exchange de criptomoedas de acordo com as diretrizes dos reguladores globais, afirmando:

“Queremos ser licenciados em todos os lugares. A partir de agora, seremos uma instituição financeira.”

A Binance, juntamente com outras exchanges de criptomoedas, incluindo a Coinbase e a espanhola Bit2Me, faz parte da ‘lista cinza’ da CNMV, que inclui as organizações proibidas de operarem como entidades totalmente licenciadas no país.

Apesar do pequeno revés enfrentado na Espanha, a autoridade financeira da França – Autorité des marchés financiers (AMF) – aprovou a Binance como um provedor de serviços de ativos digitais registrado.

Como o Cointelegraph relatou, a mudança para a França sinaliza a mais recente expansão da Binance em suas operações globais, tendo obtido, primeiramente, a aprovação para operar em Abu Dhabi, em abril. Citando a aprovação regulatória na França, a Binance compartilhou planos de escalar significativamente suas operações na região enquanto busca “desenvolvimentos adicionais de infraestrutura”.

Por: Arijit Sarkar

LEIA MAIS

© 2022 | Investidor Matuto | Todos os direitos reservados Política de Privacidade Desenvolvido por